ARTROSE VERTEBRAL


Doença crônica que atinge inicialmente a cartilagem dos discos intervertebrais e das facetas articulares para, depois, chegar ao osso mais próximo. Pode associar-se a rigidez e dificuldade de movimentação. O desgaste dos discos entre as vértebras pode gerar uma instabilidade local, a qual o corpo tenta estabilizar formando osteófitos (bicos de papagaio). Mais comum em pessoas com excesso de uso das articulações vertebrais e em idosos, mas também acomete jovens. Na crise aguda de dor podem ser usados medicamentos (também em forma de injeções espinhais) e/ou fisioterapia. Para casos crônicos, de longa história de dor, a estabilização cirúrgica do nível afetado através de artrodese pode ser benéfica.

REFERÊNCIA:
Referência: Ferreira ML et al. Spinal pain and its impact on older people. Best Pract Res Clin Rheumatol. 2017;31(2):192-202.